Famalicão 2-1 Farense

O Farense teve um inicio difícil e com muitas adversidades, no entanto entregou-se e procurou sempre contrariar essas mesmas contrariedades.

 O Famalicão, teve um início de sonho, marcando aos 55 segundos, um dos golos mais rápidos da prova.  Após uma recuperação de bola, Chico, no limite da área foi lesto a rematar, Bento respondeu com uma defesa incompleta, abrindo a porta para a emenda de cabeça de Mércio a abrir o marcador.

O Farense, reduzido a dez unidades após a meia hora de jogo por expulsão de Harramiz, que atingiu com o cotovelo Feliz, alterou a sua estratégia e passou a apostar tudo nas bolas paradas, apelando ao poder físico e altura dos seus homens da frente.

Uma cabeçada de Irobiso (35), na sequência de um pontapé de canto, que saiu junto ao poste esquerdo, foi a melhor demonstração, até ao intervalo, de que os homens de Jorge Paixão recusavam entregar o jogo.

A segunda parte começou igualmente vibrante, com o Farense a empatar (51) numa cabeçada de Delmiro, após canto de Bruno, respondendo os locais por Mendes (58) que finaliza após cruzamento da direita de Feliz.

O Farense parecia não acusar o estar a jogar em inferioridade numérica e prosseguiu com as investidas, ainda que menos numerosas, rumo à baliza contrária, mas foi o Famalicão quem terminou com a vitoria no jogo.

Tags: 
Futebol, Resultados